quinta-feira, 16 de junho de 2011

Resenha de Quinta: Cidade dos Mortos, Joe McKinney

Postado por Bih Lima às 20:24

Autor: Joe McKinney
Editora: Novo Século
Categoria: Ficção
ISBN: 9788576794554
Lançamento: 2011
Sinopse:



Atingida por cinco furacões catastróficos em três semanas, o Texas Gulf Coast e metade da Lone Star State está sofrendo a pior devastação da história. Milhares de pessoas estão mortas ou morrendo - mas o pior é só o começo. Entre os destroços, algo inimaginável acontece: um vírus mortal foi quebrado, retornando os mortos à vida - com uma insaciável fome de carne humana ... Em poucas horas, a praga se espalhou por todo o Texas. Polícia de San Antonio oficial Hudson Eddie descobre que sua cidade invadida por um exército voraz dos mortos-vivos. Junto com um pequeno grupo de sobreviventes, Eddie precisam lutar contra a horda selvagem em uma corrida para salvar sua família ... Não há lugar para correr. Não há lugar para se esconder. A horda de zumbis está crescendo como o vírus corre solta. Eddie sabe que tem que encontrar uma maneira de destruir esses horrores andar ... mas ele não sabe o preço que ele terá que pagar.

Durante uma noite normal para o policial Eddie Hudson e seu parceiro Chris são chamados para atender uma situação de violência, só que quando chegam ao local, logo percebem que não é um caso convencional, os “bêbados” não estão vivos, eles são zumbis.
Depois disso, ele começa a correr para salvar a sua vida e para achar a sua esposa, April, e seu filho de 6 meses, Andrew. Durante a história, varias cenas grotescas são presenciadas por ele, e nesses momentos ele só pensa na família.
O apocalipse está acontecendo ao seu redor e a única coisa que ele pode fazer é fugir.




“Em um determinado ponto, vi uma mulher lutando para escapar de um grupo de zumbis. Eles a derrubaram de barriga para baixo enquanto passávamos. Ela olhou para nós e sua expressão era confusa. Não parecia ter uma expressão de dor, mesmo com eles a rasgando com seus dentes e dedos, mas parecia alguém que já não se importava mais” (Capítulo 7 – Página 78)

O livro é o clássico “zumbis atacando geral”, sem grandes inovações no gênero, mesmo assim vale a pena ler.
O livro se passa na primeira noite do surto, o que torna tudo um desespero só, mas isso não torna a narrativa apressada demais.
No meio o livro perde o pique, mas quando Marcus, um colega de Eddie, aparece a história fica um pouco mais interessante, mas Cidade dos Mortos só se recupera mesmo nos 40 minutos do segundo tempo.
O livro é detalhista, então as cenas fortes ficam mais fortes ainda. Não indico para os que ficam impressionados facilmente.
Vou ser sincera, comprei o livro pela capa, foi amor a primeira vista. Para algumas pessoas que eu conheço foi horror a primeira vista.
A música que eu indico escutarem St. John, da We Are The Fallen:


Beijos e não deixem de comentar!

12 comentários:

Babi Lorentz on 17 de junho de 2011 13:21 disse...

Caramba, parece ser bem macabro por causa de todos os detalhes. é um livro que, com certeza, eu leria.
Adorei a resenha!
Beijão

Amanda e Elidiane on 17 de junho de 2011 20:51 disse...

Nunca li nada sobre zumbis! Só assisti aos filmes!
Mas sou muito curiosa para ler algo sobre eles, esse para ser bom, e a capa é muito legal, gosto de histórias de terror, com cenas fortes então!
A resenha ficou muito boa ;)!! Bjs
Elidiane'

Entre Amigas

Denise on 18 de junho de 2011 00:18 disse...

nunca li livros sobre zumbis + 1, q medo dessa capa kkk

Guta Bauer on 19 de junho de 2011 11:32 disse...

Strange Angels mudou um pouco minha visão de zumbis, abriu meu horizonte para a vontade de ler mais sobre isso, muito embora SA não seja sobre zumbis, exatamente, rs. Taí uma boa pedida!

Guh on 21 de junho de 2011 15:42 disse...

Não gostei muito desse livro
eu já li, mas confesso que não entendi muita coisa

Vívian Rezende on 24 de junho de 2011 18:17 disse...

Adoro livros de terror!
Principalmente com zumbis, então acho q vou gostar desse livro :)

Rodrigo on 25 de junho de 2011 00:31 disse...

Eu quero muito ler esse Cidade dos Mortos! Sou fã desse tipo de história, adoro o clima que fica quando praticamente toda a população foi dizimada e só alguns sobreviventes tentam escapar dos zumbis. A série The Walking Dead é uma ótima dica pra quem curte histórias de zumbis ;)

p.s. eu achei a capa de arrepiar e por isso também adorei!!!

Kaa Consp. on 31 de agosto de 2011 14:07 disse...

vou ler esse livro, adoro temas de terror :D

B!@ on 15 de dezembro de 2011 12:29 disse...

comentando pela promo

Fátima Menezes on 29 de dezembro de 2011 20:49 disse...

Não vou ler esse livro, a não ser que algo mude minha opinião. Leio livros de terror e suspense numa boa - ou quase -, mas não aguento estórias com vírus se espalhando e aniquilando a humanidade. Para mim, não há coisa mais agoniante. Bate logo uma falta de esperança, desespero, vejo as cenas e as reações das pessoas se desenrolando na minha frente... Um exemplo é o filme Eu Sou a Lenda. Quase todo mundo que assiste ao filme, gosta. Eu detestei. Fiquei me sentindo mal o filme todo. Não é por me assustar fácil - assisto Supernatural, Atividade Paranormal, o que colocarem... -, mas esse tipo de estória me toca demais. Só em saber que, com os avanços científicos, a probabilidade de um vírus desse realmente ser liberado em escala global... aah, isso é o que mais me assusta - nada de fantasmas, demônios, ou o que seja.

Ah, a música parece ter tudo a ver com a temática do livro. Parabéns pela escolha!

Att.,

Fátima Menezes - @fatimamd
http://recantodecaliope.blogspot.com

Thaís Chaves disse...

Hum..
Faz tempo que li um livro nesse genero,não tenho o problema de me impressionar ou me assustar com algo,
não sou de me surpreender facilmente,devo gostar'

Ahh eh a capa é bem legal'
Bjo

Rafa on 29 de junho de 2012 13:03 disse...

Nossa, adoro livros assim, e até á ouvi falar, desse livro do apocalipse de zumbi, e tem até jogos "baseado", vou ler com certeza! bjs

Postar um comentário

 

Book Mania Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos