domingo, 25 de setembro de 2011

Bienal do Livro de Pernambuco - 24/09/2011 - Parte 1

Postado por Bih Lima às 00:45
Como eu avisei, eu fui para a bienal hoje e voltei quase agora. Eu passei a tarde e uma pequena parte da noite andando (ou seria melhor dizer, correndo) para cima e para baixo e quero contar tudo com detalhes para vocês, então vou dividir o post em 2. Beleza? Come on!


Meu intuito de ir hoje era para conhecer a Thalita, mas não sem antes bater pernas na terceira maior Bienal do Brasil!
Nem sei como começar a falar, mas tudo bem. Não vou falar sobre ter colocado o pé no evento e sentir o delicioso cheiro de livro novo.
Ok, vou falar sobre o simpatiquíssimo autor Julio Rocha que estava no estande da editora Vermelho Marinho, que foi a nossa (nessa intrépida aventura estavam minha irmã mais nova, que ira aparecer em algumas fotos; minhã mãe com seu cartão de credito, que só tirou as fotos mesmo, e eu!) primeira parada para compras.


Lá ele me mostrou os seus livros, sem esquecer dos da editora. Minha irmã e eu compramos um cada. Ela, um infanto-juvenil, Terra Alegre, e eu, um suspense policial, Teia Negra. Ambos estão autografados e na lista de próximas leituras!
Então, continuamos a andar, pois até o evento mais esperado ainda faltava muito tempo. Minha irmã ficava doida quando parava num estande infantil, eu quando via qualquer promoção e minha mãe quando ia pagar... Não gente, eu não comprei tanto livro assim, quem mais fez festa foi a baixinha ali.
Na bienal, você sempre esbarrava em mágicos, mímicos e outras atrações, então não resisti e tirei uma foto.


Depois disso fomos para a praça de alimentação e demos uma parada, sem grandes emoções...
Teve uma hora que minha irmã fez a caça aos autores, ficava se esticando toda para ver se conseguia achar um e quando achou saiu correndo. A autora Marta Menezes estava no estande da Livro Rápido, ela estava divulgando o livro dela, Educação Sexual. Minha irmã foi dar uma voltinha com a minha mãe enquanto eu falava com a autora...


Esse eu não comprei... Então continuamos a andar e nada de ver uma promoção que me fizesse correr para a fila.
Quando anunciaram que a Rebolças estava no auditório nós ficamos que nem baratas tontas atrás da entrada, dez minutos depois de muitas perguntas, achamos o bendito.


O post já ficou grande o suficiente, já passa da meia-noite e eu não li quase nada hoje, então vou me deitar e amanhã vocês vão saber como terminou o dia.

Amanhã vou de novo para a bienal, mas a cota para compra já está acabando e não tem graça ir só para olhar, então pode ser meu último dia... T-T

E vocês devem está pensando "e a resenha que você falou que ia postar ontem?". Nem eu sei o que aconteceu com ela, mas na segunda eu posto sem falta!

Beijosss

3 comentários:

Marcos Tavares on 25 de setembro de 2011 09:53 disse...

Ah eu consegui entrevistar a Thalta. Ela é fofa demais!!! Um amor...

E o pessoal da Vermelho marinho também foi ótimo!!!! Júlio Rocha é muito simpático!

Babi Lorentz on 25 de setembro de 2011 23:08 disse...

Ai, que vontade de ter participado, mas pra mim, não dá!
Moro no ES e já gastei com a Bienal do Rio, rs.
Beijão

Effy on 26 de setembro de 2011 03:11 disse...

Que legal..

Realmente ir só pra olhar nem tem tanta graça, mas ainda sim é melhor que não ir.Mas quando da pra compra uns livros, maravilha!!

Bjs ^^

Postar um comentário

 

Book Mania Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos