segunda-feira, 18 de abril de 2011

Eu Quero! 9#

Postado por Bih Lima às 18:01
Aqui estamos com mais um Eu Quero! (atrasado, como sempre ¬¬' peguei a mania do meu pai)
Tema da semana é:

Menina

A Menina que Roubava Livros, do Markus Suzak (Intrínseca)


A trajetória de Liesel Meminger é contada por uma narradora mórbida, surpreendentemente simpática. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. Traços de uma sobrevivente: a mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler. Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade. A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História. A Morte, perplexa diante da violência humana, dá um tom leve e divertido à narrativa deste duro confronto entre a infância perdida e a crueldade do mundo adulto, um sucesso absoluto - e raro - de crítica e público.


Esse livro parece ser tudo de bom. *-* Essa narrativa parece bem interessante, pois, tipo, é a Morte!


A Menina que não Sabia ler, John Harding (Leya)


1891. Nova Inglaterra. Em uma distante e escura mansão, onde nada é o que parece, a pequena Florence é negligenciada pelo seu tutor e tio. Guardada como um brinquedo, a menina passa seus dias perambulando pelos corredores e inventando histórias que conta a si mesma, em uma rotina tediosa e desinteressante. Até que um dia Florence encontra a biblioteca proibida da mansão. E passa a devorar os livros em segredo. Mas existem mistérios naquela casa que jamais deveriam ser revelados. Quem eram seus pais? Por que Florence sonha sempre com uma misteriosa mulher ameaçando Giles, seu irmão caçula? O que esconde a Srta. Taylor? E por que o tio a proibiu de ler? Florence precisa reunir todas as pistas possíveis e encontrar respostas que ajudem a defender seu irmão e preservar sua paixão secreta pelos livros - únicos companheiros e confidentes - antes que alguém descubra quem ousou abrir as portas do mundo literário. Ou será que tudo isso não seria somente delírios de uma jovem com muita imaginação?


Esse é um dos livros da sessão "sento no chão da loja para ler". Agora, a história parece meio fraca, mas interessante...


O tema para a próxima semana é... Vampiros! (ainda sou apaixonada por vampiros)


Gente! Cade meus comentários? Estou ficando deprimida T-T


Participem das promos rolando no blog!!


Beijoss!

8 comentários:

Caçadora de Livros on 18 de abril de 2011 20:53 disse...

\º/
N fica deprimida flor!
To comentando aqui XD
Vou ver se pego a Menina que não sabia ler no skoob
bjs

Diego on 19 de abril de 2011 09:46 disse...

Ótimos livros!
Recomendo ambos, pode pegar sem medo, Bih. =)
"Quando a morte conta uma história, você deve parar para ler"
\o/
Beijos!

A estrela do Livro on 19 de abril de 2011 13:53 disse...

É que é véspera de páscoa, né? O pessoal some nessas horas HAHA


Eu fico com medo de ler "a Menina que roubava livros" pois as minhas amigas que leram falaram que é muito chato :|

Emilly on 21 de abril de 2011 18:27 disse...

Eu ja li A Menina que roubava livros e gostei muito - é bastantes triste, sim. mas eu adorei!

tow doida p ler esse outro A Menina que não sabia ler..dizem que é mt bom...

Aline Freitas on 21 de abril de 2011 22:00 disse...

Puxa, já recebi altas recomendações de A menina que roubava livros. Assim que puder, vou dar uma conferida. A menina que não sabia ler também li um dia a sinopse no Skoob e me interessei. O problema é tempo! Tenho lido livros sobre cinema, sobre comunicação, de ficção que tenho em casa, ver filmes,séries,além de tantas outras coisas...preciso de um clone!

@_ricbiazotto on 23 de abril de 2011 11:12 disse...

A Menina que roubava livros é simplesmente perfeito. Confesso que quando foi para começar a ler, cheguei a pensar que não iria valer a pena, grande engano.

Conforme as páginas foram passando, a história foi conquistando, e quando acabou a pergunta foi: "já acabou?"

Muito bom!!

Thata on 28 de abril de 2011 18:12 disse...

Eu também tenho vontade de ler "A menina que não sabia ler" por causa de uma resenha que li em um blog por aí.

Agora, "A menina que roubava livros" todo mundo tem que ler. É um livro maravilhoso. Um dos melhores que eu já li.
Fiz uma resenha dele no meu blog, se quiser ir lá ver: http://viciosesonhos.blogspot.com/2010/09/menina-que-roubava-livros-de-markus.html

Pimentel on 3 de maio de 2011 10:13 disse...

Os dois livros são óóóótimos , embora o enredo seja muito diferente, mas A menina que roubava livros é maravilhoso!! Todo muundo deve ler! Recomendo, beijos;*

Postar um comentário

 

Book Mania Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos