quinta-feira, 5 de maio de 2011

Resenha: O Rei e O Camaleão, C. N. David + Resultado do Sorteio de Marcadores

Postado por Bih Lima às 22:23
Autor: C. N. David
Editora: Idéias a Granel/Fumproarte
Categoria: Literatura Nacional/Infanto-Juvenil
ISBN: 859845504
Páginas: 120
Comprar: Com o Autor
Sinopse:








O livro compõe-se de duas histórias destinadas ao público jovem e adulto. “O
Monge Rei” passa-se em um reino fictício no que se poderia comparar à nossa
idade média, época de reis, castelos e lutas de espada. Já “O Camaleão” é uma
ficção espacial que conta a história de um agente secreto que tem a peculiar
característica de ser um transmorfo. Ambas nos remetem àqueles sábados em que a
geração que passou sua infância nos anos oitenta assistia a seriados enlatados e
colecionava revistas em quadrinhos.

O Monge Rei
O Legítimo Rei de
Fangot, Petrus, foi mantido afastado do reino por cinco anos, ferido em uma
batalha ele perdeu a memória e acabou sendo colocado sob observação em um retiro
monástico pelo usurpador do trono, Solano. Petrus, passa a ter sonhos com
pedaços de memórias e acaba descobrindo quem realmente é. Começa, então sua
busca por retomar o que é seu, seu reino, seu título e, principalmente sua
esposa que, acreditando na morte do marido, está sendo obrigada a aceitar casar
– se com o novo rei, o usurpador Solano. Petrus, em sua retomada, acaba
encontrando diversos companheiros no caminho e com a ajuda deles pretende
retomar Fangot.

O Camaleão
Um dos únicos sobreviventes da tragédia
da colonização no planeta Bandeira 1, Meg Knox acabou se tornando um agente do
SIGI, Serviço Intergalático de Inteligência. Sendo um transmorfo, Knox é sempre
envolvido nas mais perigosas missões, dessa vez ele foi enviado ao Planeta Zara
para personificar o governante do planeta, o ditador Sorbone, assegurando a
entrega do poder as mãos do povo, como ele havia prometido. Infelizmente nada
saiu como o planejado e um outro transmorfo é envolvido na história. Knox se vê
em maus lençóis e precisa de toda a sua capacidade de persuasão e inteligência
para consertar as coisas. Acaba, insperadamente, recebendo a ajuda de Saila, a
segunda-em-comando no planeta. Junto com ela e mais alguns colaboradores
precisam resolver a situação antes do início da conferência de paz.


O livro se divide em dois contos mega diferentes, o primeiro é “O Monge Rei”, que se passa na Idade Media e conta a história do Rei Petrus, que após ser ferido em batalha acaba por perder a memória e sendo levado para um retiro de monges. Com o passar dos anos ele começa a recobrar a memória e vai tentar recuperar o seu reino que está nas mãos de Solano, o traidor que tentou matá-lo.

“O Monge Rei” é bem maior que o segundo conto, ainda sim é pequeno e deixa com vontade de saber de mais histórias de Fangot, cidade onde se passa a história. A narrativa é bem agradável e de fácil entendimento. Adorei.

E o segundo é “O Camaleão” que é bem futurista, aonde podemos acompanhar a história de Knox, um alienígena que pode se modificar e adquirir qualquer forma desejada. Ele e mais quatro irmãos fogem do seu planeta natal para tentarem sobreviver à inevitável extinção, mas durante a fuga um deles se joga da nave. Knox começa a trabalhar para o governo e durante uma das suas missões aparentemente normal, acaba virando uma zona.

Eu simplesmente amei “O Camaleão”, pode ser pequeno, mas é delicioso de ler. A narrativa continua igual ao do “Monge Rei”, a única diferença é que no prólogo é narrado pelo próprio Knox. Gente, estou com saudades do Knox! T-T

Resumindo: O livro é perfeito, uma narrativa leve e com aquele gosto de quero mais.

E vamos ao resultado do sorteio dos marcadores de “Caixa de Desejos”.

1. Thalinne
2. Aydil Franco
3. Raphaela
4. Diego
5. Thata

E os três sorteados são...

Thalinne



Aydil



E Thata

Então é só. Comentem bastante.

Beijos

8 comentários:

Vanessa Vieira on 6 de maio de 2011 00:20 disse...

Parabéns pela resenha Bih! Já li O Rei e o Camaleão e curti bastante. Beijos!

Diego on 6 de maio de 2011 05:06 disse...

Já tinha ouvido falar desse livro, mas ainda não conhecia...
Na verdade é a primeira resenha sobre ele que eu li. =X
Gostei bastante, parece ser bem legal. =)
Beijos!

Aline Gasparini on 6 de maio de 2011 13:16 disse...

Ah, adorei a sua resenha ;*
Já li esse livro a um tempinho e confesso, é bem interessante xD

Beijos&beijos
Book is life

Thalinne on 7 de maio de 2011 00:02 disse...

Adorei a resenha, parece um desses livros ótimos pra uma tarde chuvosa, com um bom chocolate quente.
E adorei também ter ganhado a promoção! XD

Thata on 24 de maio de 2011 22:42 disse...

Literatura nacional sempre me empolga. Ainda mais quando alguém me diz que leu e gostou muito. O primeiro conto parece ser muito interessante e com material pra virar um livro. Mas eu gostei do fato do segundo conto ter como protagonista um metamorfo.
E gostei mais ainda de ter ganhado a promoção.
Era pra ter comentado nesses posts semana passada, mas o Blogger não tava funcionando, e acabei deixando pra essa semana.

Kaa Consp. on 31 de agosto de 2011 13:58 disse...

não sou muito fã de literatura nacional, mas esse parece ser bom :)

B!@ on 15 de dezembro de 2011 12:49 disse...

No dia 15/01/2012 sortearei um Ipad2 entre todos os participantes
das promoções que ocorreram no período de 15/11/2011 a 22/12/2011 em
243 blogs parceiros.

Fátima Menezes on 31 de dezembro de 2011 20:50 disse...

Perdi o sorteio. Droga. Preciso muito de marcadores. Só tenho de Como Romeu e Julieta, A Cabana, Orgulho e Preconceito e Zumbis, Harry Potter, O Mar de Monstros e A Maldição do Titã. Quero mais. Adoro combinar livro e marcador. :o

Kaa, dê mais chances à literatura nacional. Você não irá se arrepender. Estão saindo livros ótimos! Como Romeu e Julieta é um exemplo - depois confira a sinopse, se quiser.

Subindo no Top Comentaristas! #SouChata

Beijos,

Fátima Menezes - @fatimamd
http://recantodecaliope.blogspot.com

Postar um comentário

 

Book Mania Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos